Franquia

Como escolher uma franquia com seu estilo de vida

By 24 de julho de 2017 No Comments

Chegou a hora de ter seu próprio negócio e, para quem deseja empreender, o sistema de franquias é a opção mais segura, já que o franqueado recebe todo o conhecimento necessário para operacionalizar o negócio. Como escolher uma franquia é a pergunta que você deve estar se fazendo agora. Bem, vários fatores devem ser estudados e contribuem para o êxito da atividade, inclusive o seu estilo de vida.

Separamos para você algumas dicas de como escolher uma franquia. Acompanhe:

Defina o tipo de negócio com que você se identifica

Investir em uma franquia que atenda ao próprio estilo de vida é importante para o sucesso do negócio.  Imagine-se no comando da empresa em que pretende investir e pense qual sentimento predomina: motivação, ansiedade, medo, alegria? Qualquer um destes pode ser um indício de qual segmento escolher.

Faça uma pesquisa com pessoas próximas

Peça orientações ou conselhos a pessoas que tenham tido experiência com franquias. Essa etapa é importante também para esclarecer algumas dúvidas antes de entrar em processo de seleção de alguma marca.

Envolva a família no projeto e avalie a percepção dela

Envolver a família é muito importante, porque se for investir em um negócio que exija trabalhar aos finais de semana, como alimentação e lazer, seus familiares terão de apoiá-lo e entender as suas ausências.

Pesquise o mercado para identificar o segmento que deseja investir

Entre em contato com as empresas franqueadoras e solicite mais informações sobre o negócio. Os franqueadores também solicitarão informações sobre você e enviarão uma ficha de pré-qualificação, que deverá ser preenchida sem que isso caracterize um compromisso. Enquanto você faz seus levantamentos, o franqueador o analisa como candidato à franquia.

Avalie a afinidade com o negócio

Gerenciar uma empresa é um trabalho que exige dedicação e muita determinação. A sua afinidade com o segmento da empresa o auxiliará a gerenciar o negócio de forma mais harmônica. Algumas franquias chegam a incluir uma espécie de treinamento para que você tenha a chance de experimentar o cotidiano da operação antes de assinar o contrato.

Ter afinidade com um produto ou serviço, e até mesmo ser consumidor assíduo de uma determinada marca, indica um bom começo. Contudo, é necessário saber diferenciar o prazer de ser consumidor da rotina de bastidores para que o produto ou serviço seja oferecido aos clientes.

Questione-se

Aqui estão 7 perguntas importantes que você deve fazer para saber se está preparado para investir em uma franquia:

1. Você se sente confortável para ser gestor de outras pessoas ou prefere trabalhar sozinho?

2. Quanto de investimento você pode dispor e quanto pretende lucrar?

3. Onde você deseja trabalhar? Você quer mudar de bairro ou cidade?

4. Quais habilidades, experiência e interesses você tem?

5. Você se considera um bom vendedor?

6. Quanto tempo diário você está disposto a dedicar para a empresa?

7. Quais as suas expectativas quanto ao seu estilo de vida depois de a empresa já estar estabilizada?

Além de analisar as questões acima, é preciso ter em mente que o sucesso do negócio depende fortemente das suas habilidades, e o seu talento é a base para que isso aconteça. A personalidade e a energia pessoal também dão uma ajuda para que o processo seja posto em prática.

Muitos empreendedores optam por trilhar pelo caminho do empreendedorismo porque desejam ter um horário mais flexível, ter a chance de trabalhar com membros da família, atuar em uma área geográfica desejada ou simplesmente mostrar seu talento. Pessoas que buscam um estilo de vida mais saudável também têm investido fortemente nas franquias que trabalham com isso.

Contudo, mesmo que você encontre a franquia que considera ideal, saiba que ela é uma empresa como outra qualquer, e você precisará seguir regras e arcar com os investimentos necessários para manter o negócio funcionando.

Veja o que você precisa saber para montar sua franquia

Em termos práticos, você precisar ficar atento aos benefícios e às obrigações previstas no contrato da franquia.

A partir do contrato você saberá exatamente quanto será preciso investir em programas de marketing, treinamentos, royalties e taxas. Alguns franqueadores também disponibilizam os rendimentos e isso pode auxiliá-lo a estimar o potencial do negócio.

Avaliando toda a documentação disponibilizada, você pode dispensar as franquias que não se aplicam aos seus objetivos. Preste bastante atenção em negócios que estão enfrentando desafios econômicos ou que estão com um maior número de franquias fechando do que abrindo.

As redes de franquias têm características próprias. Na hora de escolher o seu negócio franqueado, observe com atenção os seguintes pontos:

Tempo de contrato

Os contratos de franquia possuem prazo definido, podendo ser renovados ou não a critério do franqueador. É importante que o prazo do contrato ultrapasse o tempo estimado para o retorno do capital investido por você.

Pagamento de taxas

Como já dissemos, para fazer parte de uma rede de franquias, você deve estar ciente de que vai ter de custear o pagamento de taxas, como royalties e contribuição para o fundo de propaganda.

Capacidade

A transferência de know-how, ou seja, conhecimento e capacidade, é ponto essencial nas franquias e só é viável se o franqueador tiver, necessariamente, experimentado o modelo. A lei brasileira  ainda não exige; contudo é aconselhável que o negócio seja franqueado após um período mínimo de dois anos.  Isso pode ser feito em unidades de teste, para que você adquira uma franquia aprovada pelo mercado.

Treinamentos

O conhecimento sobre a gestão da franquia deve ser transmitido por meio de treinamentos. Também deve estar em manuais para que você possa aplicá-lo no dia a dia do negócio. Estude o programa de treinamentos, os manuais e a assistência da rede. Certifique-se de que  a franqueadora oferece o suporte aos franqueados e presta a assistência contínua mesmo a distância.

Padrões

Toda pessoa que investe em uma franquia deve manter os padrões exigidos pela franqueadora, oferecendo livre acesso ao supervisor de campo para que ele tenha condições de conferir se a unidade está funcionando de acordo com as determinações do modelo de gestão da franquia.

Se você gostou desse post sobre como escolher uma franquia com seu estilo de vida, vai se interessar também por 8 dicas de gestão de franquias!

Leave a Reply